Arquivo da categoria: Diário de bordo

Diário de bordo – Documentos Urbanos: Tour Cultural

O Documentos Urbanos foi acompanhar o turismo de luxo feito pela personal guide Flavia Liz Di Paolo, que levou a jornalista italiana Francesca Zanutto que está escrevendo um guia turístico sobre São Paulo, e os estudantes Andréa Borges e Adalberto Reis, que estão usando a Flavia Liz Di Paolo como objeto de estudo por ela ser a única pessoa que faz esse tipo de turismo cultural para estrangeiros em São Paulo.

The team Documentos Urbanos (Urban Documents) accompanied personal guide Flavia Liz Di Paolo on her luxury tourism; also present were the Italian journalist Francesca Zanutto who is writing a tour guide about São Paulo, and the students Andréa Borges and Adalberto Reis, who are both using Flavia Liz Di Paolo as an object of study since she is the only one that makes this kind of cultural tour for foreigners in São Paulo.


Ela fez um roteiro bem bacana pra gente, começando com uma visita ao Berbela, um mecânico que vive dentro da favela de Paraisópolis, que transforma objetos recicláveis, principalmente peças de carro e de moto em esculturas.

She came up with an awesome itinerary for us, starting with a visit to Barbela, a car mechanic who lives in the Paraisópolis slum, and transforms recyclable objects into sculptures, he especially likes to use car and motorcycle parts for his transformations.


Depois passamos na casa de outro morador de Paraisópolis, o Estevão, mais conhecido como o Gaudi brasileiro, que vem construindo sua casa há 25 anos com cimento e objetos velhos e até quebrados que são doados ou comprados por ele próprio, como vasos, pratos, relógios, escovas de dente, etc.

After that visit we stopped at another resident’s house, Estevão, better known as the Brazilian Gaudi, who has been building his house with cement, old and even broken objects that are donated or purchased by him, such as vases, plates, clocks, toothbrushes, etc.


Em seguida saímos de Paraisópolis e fomos ao bairro da Vila Madalena encontrar o grafiteiro Cranio no Beco do Batman. Ele fez um grafite pra gente e falou sobre a cena atual de arte urbana e sobre o seu personagem Indiones.

Right after, we left Paraisopolis and went to the neighborhood of Vila Madalena in order to meet the graffiti artist Cranio at Beco do Batman (Batman’s Alley). He made a graffiti for us and talked about the current scene of urban art and about his character Indiones.


Na sequência fomos para a Spray Galeria, recém aberta pelo artista plástico Rui Amaral, um dos pioneiros do grafite junto com o grupo TupiNãoDá, e ele nos contou sobre essa primeira geração de grafiteiros.

Then we headed to Spray Gallery, recently opened by artist Rui Amaral, one of the pioneers of graffiti along with the group TupiNãoDá, he told us about this first generation of graffiti artists.


Finalmente nos despedimos da nossa amiga Flavia Liz Di Paolo, grande colaboradora do Documentos Urbanos, uma pessoa muito especial e querida que vive diariamente a grande missão de divulgar as maravilhas culturais existentes na nossa linda cidade de São Paulo.

E é uma pena que os governantes e a grande maioria dos próprios habitantes não valorizem São Paulo.

Finally we said goodbye to our friend Flavia Liz Di Paolo, a big contributor to Documentos Urbanos. She is a very special and dear person, who lives on a daily mission of promoting the cultural wonders that exist in our beautiful city of São Paulo.
It’s unfortunate that the governors and most of the city’s residents don’t recognize the great jewels São Paulo has to offer!


Texto: Vitor Miranda

Tradução: Ana Luiza Pereira

Revisão de tradução: Patricia Christiani Campbell

Fotos: Vitor Miranda e Victor Iemini

Anúncios